Estar solitário

“Saber ser solitário é fundamental para a arte de amar. Quando conseguimos estar sozinhos, podemos estar com os outros sem usá-los como formas de escape.” bell hooks

Quem disse que é impossível ser feliz sozinho? Se pensarmos bem, essa aí pode ser mais uma das construções da sociedade de consumo, propagadora da ideia romântica e superficial das relações, a crença na idealização do amor, geradora de mais inadequações e infelicidade do que bons vínculos, o que só contribui para distanciar as pessoas de si mesmas e também das milhões de possibilidades saudáveis de um outro mais real e simplesmente humano. Mas, se queremos ser bons parceiros amorosos devemos, antes de tudo, aprender a ser bons com nós mesmos. Afinal, saber nos agradar, respeitar, reconhecer e curtir as nossas idiossincrasias é fundamental para a conquista do bem estar com a vida que tanto queremos. Quem consegue ser feliz sozinho é capaz de ser generoso e equilibrado, demonstra ter as condições essenciais para conquistar alguém e sentir-se mais respeitado e realizado nas inúmeras funções que envolvem os relacionamentos e o amor. Pena que para tanta gente, estar sozinho é tão doloroso, sem percebe o quanto saber ser solitário pode ser também uma boa escolha de vez em quando. Algo que precisamos também olhar com carinho quando chega esse tempo, ao invés de viver a tentar ocupar, preencher com qualquer coisa ou de qualquer jeito o espaço criativo do auto amor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s