Olho gordo

“Olho gordo”, inveja, mau olhado… Será que o olhar do outro tem poder de ocasionar a baixa de energia de uma pessoa a ponto de comprometer a boa sorte, o próprio desejo, força, vontade, querer? Não teríamos como responder. Cada pessoa é quem sabe do seu contexto. Mas, por via das dúvidas, é sempre bom um banhozinho de ervas fervidas com sal grosso, para melhorar o axé, renovar a energia e partir para ação. Li num livro sobre a sabedoria de um Preto Velho, chamado Pai João de Aruanda, em que dizia que “O maior macumbeiro que existe somos nós mesmos”. Isso faz a gente pensar… De fato, existe “olho gordo” pior que nossos próprios pensamentos quando negativos? Muitas crenças que alimentamos não seriam também para justificar o medo do fracasso, os adiamentos ou nossa incompetência em lidar com os desafios que as complexidades da vida vão nos impondo? Empecilhos também surgem no caminho para nos inspirar outros sentidos… Limites forçam a consciência para o autoconhecimento, assim como para ampliar a nossa visão social, política, nos instigando a agir. Quando somos capazes de compreender o porquê de atrairmos certas coisas, deixamos de ser só vítimas das circunstâncias e de ficar à espera… Tudo pode ficar bem melhor quando ampliamos a visão, quando fortalecemos o nosso poder pessoal para superar obstáculos e nos proteger de ficarmos por aí à deriva de nós mesmos e dos vínculos que fortalecem. Não existe melhor escudo protetor contra “olho gordo” que a fé, no que cremos para o bem pessoal e coletivo, assim como em nossa capacidade interna de acionar a vontade de fazer algo e nos superarmos mais e mais a cada tempo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s