Oi gente!

Por Lorena Aragão

Oi gente!

Meu primeiro momento por aqui… escrevo cheia de borboletas na barriga!!!

Fiquei matutando um tempão sobre o que traria enquanto porta de entrada, enquanto primeiro convite para nos conhecermos. Sempre fui afeita às palavras. Escrever faz parte da minha constituição de vida, escrevo desde que me entendo por gente. Quando criança, tinha aqueles diários com um cadeado que não guardava os segredos de ninguém. Adolescente, comprava agendas descoladas e escrevia todos os
meus dias.

Tenho registros incríveis de primeiro amor, primeiro beijo, primeiras decepções. Com a evolução dos tempos, migrei para os blogs. Já tive uns dois ou três. Aí, aos meus 28 anos, veio a gestação. Mais uma vez, minhas escritas me salvaram de mim. Em meio a uma gravidez solo tão conturbada, escrever me ajudava a expressar tudo aquilo que eu estava vivendo e não conseguia por pra fora com ninguém. Então meu filho nasceu. Choro de neném, noites em claro, fralda pra trocar, choro de neném, põe pra arrotar, dá de mamar, o peito com mastite, choro de neném, fralda para trocar, quero escrever, tô com sono, cansaço, puerpério…quero…es…cre…v…não deu. Depois que meu filho nasceu eu parei de escrever. Foi quase sem perceber que abandonei a escrita. A chegada de um filho muda tudo, bagunça, chacoalha. Faz a gente rever prioridades , amizades, relativizar o tempo. Às vezes (na maioria delas) a gente se sente abandonada até por si própria. Cadê aquela mulher que estava em todas as noitadas, a rainha da balada Cadê aquela mulher que estava sempre bem cuidada, sobrancelha feita, unha sem cutícula? Passei anos sendo só mãe. Anos vivendo um universo que tinha mais sobre bebê do que sobre mim. Mas chega uma hora que a angústia vem, e a gente quer se reencontrar, quer um tempo pra respirar. O convite para escrever aqui me tirou da zona de conforto, do conformismo de “não ter mais tempo para essas coisas”.

Hoje meu filho tem 8 anos e eu sinto que já consigo não ser só mãe. Me chamo Lorena, sou Psicóloga Perinatal, baiana, tenho 36 anos, sou casada, mãe de Inácio e , mais do que nunca, sou MULHER. Estarei aqui me desafiando a tornar este espaço um cantinho de reencontro comigo, uma parceria de fortalecimento entre mães que amam seus filhos, mas que também sentem saudades de si. Vamos dá as mãos e seguir juntas nesta estrada? Do que você sente saudade? O que você abandonou? É tempo de novos tempos. Caminhemos! Beijos, luz e axé!

Lorena e Inácio ❤ – Lorena estará neste Lugar de afetos e compartilhamentos, na 4 segunda de cada mês. Se chega!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s