TEM QUE TER BRINQUEDO PRA SE DIVERTIR?

Por Coletivo Abayomi

A ludicidade é nossa caixa de brinquedos, ou mais precisamente, é o moleque anunciado pelo poeta, que vem e nos dá a mão toda vez que o coração balança. Presente nas diferentes culturas abarca o jogo, o brinquedo e a brincadeira, por isso a consideremos como uma rica vivência, uma experiência que desperta as sensibilidades, sentimentos e pensamentos. 

Através do brincar, do jogo, o indivíduo conhece a si e aos outros, bem como crenças, costumes, regras, leis, simbologias, hábitos do meio em que vive. Absorvemos princípios como compartilhar, cooperar, também sobre protagonismo e comunitarismo. Conhecemos o mundo!

Imagem: @poe_cole

Aprendemos o discurso externo, o internalizamos, interpretamos e construímos conhecimento, desenvolvimento motor, social, emocional e do ser. Por meio das vivências a ludicidade se torna instrumento de ensino/aprendizagem que trabalha a imaginação, a fantasia, a criatividade e oportuniza produções gráficas, plásticas, visuais, simbólicas, imaginativas e expressivas. Tais princípios contribuirão para nossa maturidade.

Como diz o famoso samba de Zeca Pagodinho, “brincadeira tem hora…” e toda celebração, encontro ou brincadeira deve ser feita com o que há de melhor, pulsando amor e prazer. Por este motivo é que a alegria e o prazer não deveriam ser vistos como o avesso da seriedade e do respeito, mas como o caminho para a sabedoria. É importante lembrarmos que somente aquele que aceita verdadeiramente a mágica da vida é que se permite ser feliz. Então, sejamos sérios ao brincar como os ERÊS e que nossa seriedade seja brincante assim como EXU. Afinal, BRINCAR É UM ASSUNTO SÉRIO.

Imagem: @aboya.8

Ludicidade: a Magia Negra

A ludicidade negra se configurou e se configura numa ferramenta de resistência e expressão dos processos criativos presentes nas diásporas: são valores, histórias, ritmos, cores, toda corporeidade, musicalidade e outras potencialidades da mente e do corpo estão inscritas em nossa capacidade de criar, recriar e cocriar. Diante disto, transformamos “lixo” em brinquedo, panos velhos uma bola ou abayomi, a terra como tabuleiro ou quadro e um graveto se tornaram ferramenta de escrita… Ah! Um graveto e suas múltiplas possibilidades!

Linguagem universal que dialoga com todas as fases da vida desde aprender a andar, falar até jogar capoeira, brincar o carnaval, gingar na roda, pular, dançar, cantar, batucar, todos estes verbos que compõem a ludicidade estão intrinsecamente ligados à cultura afro brasileira. Herdamos da cosmologia afrikana a metodologia da ressignificação, de preencher o que está vazio e (re)conduzir e (re)construir o que está disperso. 

Já observaram o quanto aprendemos brincando? Quantos de nós já brincamos de ser outra coisa? Quantas coisas vivenciamos em um só jogo? Já produziram seu próprio brinquedo?  Com certeza, algumas dessas perguntas mexeram no Baú de sua imaginação. O fazer de conta tem poder e para o faz de conta acontecer, entre limites de tempo e espaço, acordos e regras, não realidade e realidade entendemos que a vida é um jogo eterno de começo, meio e começo, cuja finalidade é a experiência.

Imagem: @poe_cole

Portanto deixamos aqui um convite: entregue-se à brincadeira, torne-se um brincante consciente, ria dos outros e valorize a graça que há em rir de si mesmo. Divirta-se sozinho, mas também aproveite o saber e sabor diferente do brincar coletivo. 

Despertar a felicidade é tarefa complexa, diligente, é sagacidade e sabedoria dos Ancestrais, pois em tudo o que o povo preto faz há uma boa dose de ludicidade este despertar proporcionará momentos inesquecíveis.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s