AXÉ PARA NÓS E PARA OS NOSSOS!

Por Coletivo Abayomi

Ao redescobrirmos os valores civilizatórios afro-brasileiros, princípios que proporcionam novas possibilidades de produzir epistemologias, modos de ser, fazer e interagir, podemos compreender a natureza do pensamento africano. Através dos saberes ancestrais entendemos que a vida é cíclica, que somos parte integrante do sagrado presente na natureza de todas as coisas e que a energia, força motriz, que possibilita a experiência da vida em comunidade e a manutenção do saber é o Axé. 

Axé, ou Asè em iorubá, palavra repleta de sonoridade e encantamento. Pequena e, ao mesmo tempo, tão potente que, como fagulha, acende a vida dos assentamentos e dinamiza o cotidiano nos terreiros. É por meio das iniciações que damos os primeiros passos para o entendimento do mundo e que se revelam as complexas cosmologias que transcendem o visível e invisível, material e imaterial, Orum e Ayiê. 

Imagem: @poe_cole

Energia que se troca no abraço, elo que une a roda, força que move a gira, é cumprimento e saudação, benção, força, senioridade e potencialidade do ser. Axé, é essa força que assegura a dinâmica da vida, força invisível — mágico-sagrada — da realização e do movimento, é o poder de criar e transmitir conhecimento, pois cada palavra proferida carrega a energia vital de transformação, como dizia Mestre Dalua “asè vem da boca”. Axé é tudo e tudo é axé. Axé se tem, se usa, se renova, se acumula. E então, qual o axé desejamos acumular?

As diferentes culturas nos apresentam inúmeros prismas e nomes para o que aqui chamamos de axé: paz, equilíbrio, expansão, natureza, bem-estar, ki, prana, chi, ka e tentam interpretá-lo por diferentes vieses seja através da espiritualidade, ciência, filosofia, ética, etc., mas todas possuem um ponto em comum: a certeza da renovação dessa força ser um novo modo de estar no mundo, devir, e de novas possibilidades de compreender e apreender sobre a pluralidade de nossas existências.

Imagem: @sinistar22x2

Todas as passagens são momentos propulsionadores que nos permitem refletir e firmar intenções positivas porvir. Um respiro, convite ao discernimento que pode estimular a compreensão e a auto confiança. Durante a famosa contagem regressiva, em que nos despedimos de um ano já cansado e nos preparamos para receber um outro ano novinho em folha, de forma contagiante nos nutrimos e vibramos carga positiva e 3…2…1…! Os fogos de artifícios nos dão a dimensão, a materialização, do que se passa por dentro. Isso é axé.

Ao nos permitir canalizar e multiplicar esta potência nos tornamos condutores de toda essa fertilidade e a direcionamos para as diferentes áreas da vida. A energia não mente! Quando buscamos elevar nossas ações e pensamentos, uma reforma íntima e apurada nos auxilia a reformular conceitos éticos nos permitindo buscar por uma consciência mais ampla de si e da sociedade. Tudo sobre a lente da sabedoria ancestral do amor e da benevolência.

“O REINO DOS CÉUS ESTÁ DENTRO DE VOCÊ, E TODO AQUELE QUE CONHECE A SI MESMO DEVE ENCONTRÁ-LO” Provérbio Egípcio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s