Confio e Agradeço

Mais uma semana que corre e quase não me deixa ver, mas esta foi mais feliz que a anterior, ou menos angustiada. Algumas reuniões, com assessoria de imprensa que me disse o que eu já sabia, mas detestei ouvir, a imprensa não abre espaço para geradores de conteúdo, pois independente do que esteja sendo dito, ou da relevância de se falar sobre e com os artistas, eles nos veem apenas como concorrentes, e eu, logo eu, que acredito que não há concorrentes, e sim parceiros, quando o objetivo é gerar e compartilhar o melhor conteúdo possível, cada um na sua linha e caminho. Mas, enfim, eu já sabia, e exatamente por saber nunca me dispus a fazer a assessoria da revista, mesmo sendo eu assessora. Outras questões e muitos respiros.

Vi os números, outro lugar que em nada combina comigo, mas a pessoa aqui fez uma promessa, e nunca faço promessas porque me nego a quebrá-las, e prometi a mim que se não chegássemos aos mil inscritos até o final deste mês eu encerraria a revista, não a Lugar ArteVistas, mas esse lugar de tanta doação. Pois é isso, muita doação, noites em claro cortando, pensando, desenhando caminhos, buscando interseções para continuarmos existindo. Enfim, é importante entender para onde a vida nos leva e eu faz um tempo escolhi não brigar com a vida, apenas aceitar, exercitar a adaptação e agradecer. E por falar em aceitar… O exame deu positivo, aqui em casa, neste momento mais que em outros estamos presas, ando acumulando lixo, logo em época de lua nova,quando devemos nos desapegar, ando apegada até as fraldas sujas, para minimizá-las e também inspirada pelo texto de Janira Alencar, no Lugar de Mãe, vamos usar mais as ecológicas, os sacos já estão separados para irem para Flavia Muluc, vidros todos enfileirados desde o início da quarentena para depois encontrar o melhor descarte ou reaproveitamento. Potes de iogurte e rolos de papel viraram brinquedos preciosos por aqui, as latas de leite viram tambor, os potes de yakult chocalhos. A cada ida ao banheiro, banho, pois melhor que lavar só as mãos é lavar o corpo todo. E a alimentação que de modo geral é boa foi reforçada com a receita de suco verde compartilhada no domingo por Matheus Prestes.  A mente se mantém plena e ocupada com  o lançamento do livro da nossa colunista das quartas Marcelina Acacio que presenteou o mundo com ˜De Vento em Poesia˜, disponível para venda em nosso site (www,lugarartevistas,com,br). No sábado ganhamos enquanto revista um lindo e carinhoso texto de All Franca, sobre nossos 8 anos de Lugar ArteVistas – arte onde estiver e só isso já seria motivo suficiente para celebrar a vida.

Imagem de divulgação

E celebramos mesmo, valendo. No sábado esqueci que precisava de repouso e me joguei em 8 horas de live pelo Youtube, com papos, música e afetos, com tantos ArteVistas queridos. Abrimos com Gustavo Portela na saudosa e querida Varanda Criativa, então veio o padrinho desse lugar, Felipe Romano e nossa poesia personificada Marcelina. E era hora dos queridos da Laranjeletric, que são responsáveis pela nossa trilha original que amamos. Na sequência vem Samya Kassia, a sambista mais sambista que o Poço da Draga nos oferece, ela só arrasa, e para se somar, Felipe de Paula e seu sorriso inspirador e para fechar essa tarde com luz transbordante, um papo musical com Isabela Moraes. Grata William Mendonça por esse presente. 

De noite a festa começa com Felipe Barros, que é uma verdadeira borboleta que leva carinho e arte para todos. Eu não pude tá lá pois era hora de ser só de Ana Luna, mas agora assistindo choro de tão lindo Felipe cantando os Artevistas estão chegando e falando lindezas de amor para esse lugar que tanto nos faz bem. Klebson e Lara me emocionam e nos presenteiam com atualização da nossa bonequinha. Lara que também escreve no nosso Blog, no Lugar de Mãe. Grata gente! Grata seus ArteVistas queridos. Na sequência vem poesia de Marci, com Ivina e Junior Barreira. E ai já estou assistindo em off. Na sequência entramos eu e Romano para esse lugar celebrar e renascer e juntos recebemos amores Diego Moraes, Daniel Chaudon e Isabela Moraes. E ai perdemos a linha e curtimos esse encontro de amor.  Se perdeu e deseja assistir, basta clicar nos links abaixo.

E então veio o lançamento e celebração digital do livro ˜De Vento em Poesia˜, com apresentação de Jão, Bárbara Leite e Maria Vitória e até eu ganhei a honra de ler Ser Tão. E que emoção esse momento, que alegria essa realização e quando o mundo deixar vamos lá, celebrar o físico em festa e abraços. Na sequência vem a lindeza da Rhaissa Bittar, que é uma das ArteVistas mais cuidadosas que já conheci e junto veio Daniel Groove e plotamos e eles cantaram e encantaram. Teve até São Jorge para nos proteger e abrir caminhos. Foi delicioso. Grata a todos e cada um.  Terminei mais disposta e energizada do que quando comecei. ❤ E por falar em live, hoje conversamos com Bagaceira, amanhã com Silvia Moura, na quinta com Cia do Tijolo e fechamos a semana com nosso ArteVista KIko Alves.

Imagem de divulgação.

Mas, foi ontem assistindo a parte 3 dessa temporada de aniversário que as lágrimas escorreram de vez, ao tempo que eu sorria e agradecia por ter podido viver, encontrar, trocar e aprender, tanto, isso sem contar os abraços sorrisos e a honra pela confiança de cada um que se dispôs a ser-se neste lugar de arte onde estiver. Esse programa mexeu comigo porque começa em São Paulo e essa ida a Sampa foi repleta de tanto, que nem consigo expressar em palavras, muitas questões, encontros, emoções, provocações, descobertas, e … encontros. Conversamos com Naty depois de uma performance sobre a carne humana e uma longa caminhada pela Paulista acelerada, o papo com Rodolfo, foi 10 minutos antes de uma performance forte e honesta, com Thamara no frio, pensando nos moradores de rua. Com Léo caminhando junto a tantos no dia exato da exoneração de Dilma. E com Diego, o respirar, um sentir-se em casa, tudo, ou quase tudo acompanhada por Felipe Romano e Natan Garcia, seres tão caros pra minha história e pra esse Lugar Artevistas. Daí retorno pra Fortaleza e de cara encontro com João Artigos e quem conhece João sabe que encontrá-lo é sempre um convite a sair da caixinha. E então Flávio Renegado, que se dispôs a ir conosco para Barra do Ceará e lá falou sobre tanto, e exaltou os ventos de Iansã fortes ali no encontro do Rio com o Mar.O papo com Cangaias, além de ser leve, doce e felino é no saudoso Teatro das Marias, lugar de tantas histórias e amor. E então vem Erivan que eu havia conhecido em outro momento e que amei reencontrar, conversar, aprender e passear pelo Castelo Encantado em sua doce companhia. E pra fechar, o Serviluz, o Farol, som do mar e uma papo com Danchá e a turma do Servilost. Sou só gratidão, por tudo, por tanto.

 

Programa de ontem que tá lindão.

Próxima segunda tem mais, mas por hora, vou respirar. grata!

ENTREGO, CONFIO, ACEITO E AGRADEÇO!

Roberta Bonfim 

Atriz, jornalista e agitadora cultural, idealizadora e realizadora da revista eletrônica cultural Lugar ArteVistas – arte onde estiver. Escreve às segundas no Lugar a mãe que sou e às terças sobre a revista Lugar ArteVistas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s